Alckmin e Doria destacam parceria com Secovi-SP

Doria, Amary e Alckmin na posse da nova diretoria do Secovi-SP

Mais de 250 pessoas, dentre associados, autoridades governamentais, líderes de entidades de classe e imprensa, participaram da posse da diretoria do Secovi- -SP (biênio 2018-2020), em 31/1, na sede da instituição. O ato foi prestigiado pelo prefeito João Doria, o governador Geraldo Alckmin e membros dos respectivos secretariados.

Flavio Amary, presidente reeleito, fez rápido balanço dos últimos dois anos e apresentou as principais metas da nova diretoria. “Em nossa primeira gestão, o Brasil enfrentava crises no âmbito econômico, político, social e moral. Assumimos que a classe empresarial não poderia – como não pode – se omitir. Assim, traçamos estratégias para atuar em nível nacional e setorial. Era evidente que seria impossível resolver os problemas do mercado e da sociedade sem enfrentar a situação”, disse.

Dentre as ações em defesa do País, Amary pontuou o posicionamento pró-impeachment e contra a corrupção. “Em defesa das reformas estruturais, engajamos 23 entidades no movimento Reformar para Mudar. Várias delas foram aprovadas”, destacou.

Quanto ao fortalecimento do setor (o que favorece a sociedade), destacou o diálogo com todos os Poderes das três esferas de governo, visando desbloquear as atividades imobiliárias, gerar emprego e renda. “Buscamos soluções para questões como distratos, fi nanciamentos, licenciamentos, burocracia e segurança jurídica; levamos subsídios técnicos e emendas para aprimoramento de projetos de lei e muito mais.”

“Desse trabalho resultaram importantes conquistas, como destravar o licenciamento ambiental no Estado; aprovar a primeira linha de crédito para o lote urbanizado (Produlote) e a Letra Imobiliária Garantida (LIG); aprimorar PPPs estaduais de habitação; e instituir o Aprova Rápido, que agilizará a aprovação de projetos na Capital”, adicionou.

As metas da próxima gestão mantêm foco nas questões setoriais e nacionais. “Vamos defender a reforma da Previdência, a redução do tamanho do Estado, o ajuste fi scal e outras medidas fundamentais. O mercado de imóveis depende do grau de confi ança de compradores e investidores. Vamos buscar resolver o problema dos distratos, instituir um novo marco regulatório na área de locação, idealizar novos instrumentos de funding, calibrar Planos Diretores na Capital e no Interior, operacionalizar o LAR (Locação Acessível Residencial), enfi m, um trabalho de fôlego a ser realizado pelos diretores e os mais de 300 empresários que, voluntariamente, trabalham pelo setor”, arrematou.

O prefeito João Doria enalteceu a grande parceria que mantém com o Secovi-SP, não só em temas relacionados à área imobiliária, caso do Trabalho Novo, voltado a reinserção social e profi ssional de pessoas em situação de rua. Garantiu que fará a calibragem do Plano Diretor: “É importante para a cidade. Nossa missão é gerar emprego. Não tem direita nem esquerda”. Ainda, destacou a importância do apoio ao pré- -candidato à Presidência da República, Geraldo Alckmin.

O governador também agradeceu a parceria da entidade em seus programas de habitação e outras frentes. “Ontem (30/1), houve disputado leilão para defi nir o operador do primeiro fundo imobiliário público, com 264 imóveis para venda ou permuta com incorporadores. Já a aprovação da reforma da Previdência, que tem integral apoio do partido, é medida obrigatória para o ajuste fi scal. Precisamos de um crescimento econômico sustentável. A indústria imobiliária, representada pelo Secovi-SP, é emprego na veia.

Contem conosco!”

 

07 de fevereiro de 2018

 

Voltar


  • Ampliar
  • Câmara de Mediação Secovi-SP
  • Certificação Digital
  • Geosecovi
  • Milenium
  • PQE - Programa Qualificação Essencial
  • Rede Imobiliária Secovi
  • Revista Secovi
  • Secovi Novos Empreendedores
  • Universidade Secovi-SP
  • Gentilezas Urbanas
  • Núcleo de Altos Temas