Locação

Aluguel na capital paulista mantém estabilidade em junho


O valor médio registrou queda de 0,05% no mês e caiu 0,60% no acumulado de 12 meses, de acordo com pesquisa realizada pelo Secovi-SP 
Somente os imóveis de 2 quartos apresentaram alta: 0,20% do seu valor

Os contratos de aluguel assinados em junho na cidade de São Paulo se mantiveram praticamente estáveis, frente à ligeira redução de 0,05% em relação ao mês anterior. Os dados são da Pesquisa de Locação Residencial realizada mensalmente pelo Secovi-SP (Sindicato da Habitação).

"Os números demonstram que, aos poucos, o mercado de locação está reagindo positivamente. A perspectiva é de melhora gradual nas variações mensais, ainda neste segundo semestre", afirma Rolando Mifano, vice-presidente de Gestão Patrimonial e Locação do Secovi-SP.

No acumulado de 12 meses, a queda no valor do aluguel foi de 0,60%, enquanto o IGP-M (Índice Geral de Preços - Mercado), medido pela Fundação Getúlio Vargas, ficou em -0,78% no mesmo período.

Na análise por tipologia, os imóveis de 1 e 3 dormitórios sofreram decréscimo de 0,20% e 0,35%, respectivamente. Somente os imóveis de 2 quartos apresentaram alta: 0,20% do seu valor em junho, em comparação a maio deste ano.

Garantias locatícias e velocidade de locação

No período analisado, a garantia mais utilizada pelos inquilinos foi o fiador, responsável por 46% das locações efetuadas. O depósito de até três aluguéis respondeu por 37% dos contratos e o seguro-fiança, por 17%.

O IVL (Índice de Velocidade de Locação), que avalia o número de dias que se espera até a assinatura do contrato de aluguel, indicou período de ocupação entre 17 e 44 dias. Os imóveis alugados mais rapidamente foram as casas e os sobrados: 17 a 41 dias. Os apartamentos tiveram um ritmo de escoamento mais lento, de 25 a 52 dias.

Tatuapé

Mensalmente, a Pesquisa Locação Residencial do Secovi-SP analisa dados históricos dos valores negociados por bairros. Em junho, a região avaliada foi o Tatuapé. Os imóveis em bom estado de conservação, com vaga de garagem e que foram contratados no Tatuapé registraram, no mês, valor médio por metro quadrado de R$ 26,43 para 1 dormitório; R$ 22,53 para 2 dormitórios e de R$ 19,70 para 3 dormitórios.

A variação acumulada no período de junho de 2016 a junho de 2017 foi de 69,9% para os imóveis de 1 dormitório; 79,8% para os de 2 dormitórios e 40% para os de 3 dormitórios.

Confira a íntegra da Pesquisa Mensal de Locação.

Comente essa notícia


  • Ampliar
  • Câmara de Mediação Secovi-SP
  • Certificação Digital
  • Geosecovi
  • Milenium
  • PQE - Programa Qualificação Essencial
  • Rede Imobiliária Secovi
  • Revista Secovi
  • Secovi Novos Empreendedores
  • Universidade Secovi-SP
  • Gentilezas Urbanas
  • Núcleo de Altos Temas