Administração de Condomínio

Aumenta o número de ações judiciais por falta de pagamento do condomínio


Em agosto, foram ajuizados 1.093 processos, contra 951 ações registradas no mês anterior
 No acumulado de janeiro a agosto deste ano, foram protocoladas 7.930 ações

Levantamento realizado mensalmente pelo Departamento de Economia e Estatística do Secovi-SP (Sindicato da Habitação), no Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, mostra que o número de ações de cobrança por falta de pagamento da taxa condominial aumentou 14,9% em agosto.

No mês, foram ajuizados 1.093 processos, contra 951 ações registradas no mês anterior. Comparado a agosto de 2017 (1.473 ações), houve redução de 25,8%.

No acumulado de janeiro a agosto deste ano, foram protocoladas 7.930 ações, 11,3% a menos em relação aos 8.943 processos apurados em igual período do ano anterior. Nos últimos 12 meses, de setembro de 2017 a agosto de 2018, foram protocoladas 12.386 ações, aumento de 9,7% na comparação com o período anterior (setembro de 2016 a agosto de 2017), quando houve o registro de 11.290 ações.

O Secovi-SP reitera a importância de síndicos e administradoras reforçarem as negociações de cobrança e promoverem iniciativas para conscientizar os condôminos, a fim de garantir o equilíbrio das contas do condomínio. “O síndico deve estimular o condômino inadimplente a quitar suas dívidas, pois a grande maioria ainda prefere negociar amigavelmente”, destaca Hubert Gebara, vice-presidente de Administração Imobiliária e Condomínios do Secovi-SP.

 

Autor: Assessoria de Comunicação - Secovi-SP


  • Ampliar
  • Câmara de Mediação Secovi-SP
  • Certificação Digital
  • Geosecovi
  • Milenium
  • PQE - Programa Qualificação Essencial
  • Rede Imobiliária Secovi
  • Revista Secovi
  • Secovi Novos Empreendedores
  • Universidade Secovi-SP
  • Gentilezas Urbanas
  • Núcleo de Altos Temas