Institucional

Aumento de IPTU surpreende moradores da região


Carnês começam a chegar nas casas. Prefeituras trabalham com desconto de 3% a 5% para pagamento à vista

Milhares de moradores da Baixada Santista começaram a receber os carnês do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) de 2017.

Em Guarujá, o índice definido de correção é de 8,5%, com 3,5% de desconto para quem pagar o valor devido em cota única. Segundo a Prefeitura local, o cálculo foi baseado no índice de inflação dos últimos 12 meses. Na cidade, os contribuintes queixaram-se da demora na divulgação do valor do reajuste a ser aplicado pelo município.

Já em Bertioga, o índice de correção acertado para este ano é de 7,86%, definido com base na variação do Índice de Preços do Consumidor Amplo (IPCA), e com desconto de 3% para pagamento à vista. Em Cubatão, houve atraso na impressão e aos poucos a situação está sendo normalizada. Neste ano, os valores do IPTU da cidade foram reajustados em 8,5%, com desconto de 5% para pagamento à vista. Em São Vicente, os munícipes que desejam quitar o imposto em cota única terão desconto de 5% para pagamento à vista até o final deste mês. 

O último aumento foi definido pela Prefeitura de Mongaguá, que fixou o reajuste em 8,97%. O novo valor ficou abaixo do reajuste de 2016, que foi de 9,93%. Mesmo reduzindo o percentual, o município está entre os mais elevados da região, empatando com Praia Grande e ficando atrás apenas de Peruíbe, com 8,98%. Já Itanhaém sofreu correção de 8,22%.

Em Santos, os carnês estarão 7% mais caros em 2017. Em 2016, o aumento foi de 6,4%. A cidade registra inadimplência média de 13,5% em relação ao pagamento do imposto, segundo a Administração Municipal. 

Autor: Assessoria de Comunicação

Comente essa notícia


  • Ampliar
  • Certificação Digital
  • Geosecovi
  • Milenium
  • PQE - Programa Qualificação Essencial
  • Rede Imobiliária Secovi
  • Revista Secovi Condomínios
  • Universidade Secovi-SP
  • Núcleo de Altos Temas
  • Gentilezas Urbanas