Institucional

Bauru ganha destaque no ranking do consumo


Cidade está na 15ª colocação em São Paulo e na 54ª posição no Brasil

Bauru ocupa o 15° lugar entre os principais polos comerciais do Estado de São Paulo, uma posição à frente da registrada no ano passado. Esse dado, apurado pelo IPC Marketing, torna-se ainda mais significativo à medida em que o mercado consumidor do interior paulista é considerado o maior do País e encontra-se em permanente expansão. Somente em 2016, o Índice de Potencial de Consumo, criado pela empresa, mostrou que os paulistas em geral concentravam, à época, R$ 1 trilhão em potencial de consumo, o que representa mais de 27% da capacidade de compra dos brasileiros.

De acordo com a pesquisa, o potencial de consumo para Bauru neste ano é estimado em R$ 10,538 bilhões. Essa é a soma do total de dinheiro em circulação na cidade durante o ano e destinado a compras nos segmentos de alimentação, habitação, transporte, saúde, vestuário e educação, entre outros. Outro detalhe que revela a importância da cidade no contexto do maior mercado consumidor do País é a renda per capita urbana de Bauru, estimada em R$ 28.411,00 por ano, acima da média geral do interior paulista, calculada em R$ 27.886,00, e da Grande São Paulo, avaliada em R$ 26.658,00.

“A instalação de inúmeras empresas no interior paulista e a chegada recente de instituições de ensino superior em Bauru, especificamente, contribuíram para a maior geração de emprego e renda, que, consequentemente, culminaram em maior poder de compra da população”, analisa Riad Elia Said, diretor Regional do Secovi em Bauru, que enfatiza, ainda, o importante salto dado pelo município nos últimos anos. “A cidade vem se firmando como um dos maiores polos econômicos e de prestação de serviços da região e a tendência é que o Interior continue aumentando sua presença neste cenário de consumo. ”

Em 2017, Bauru já ocupava posição vantajosa no ranking estadual, como o 16° colocado, e o 55º lugar no País, incluindo as capitais e os maiores centros demográficos e econômicos nacionais. Este ano, segundo o levantamento, Bauru ocupa, respectivamente, a 15º e a 54º posições.

Autor: Assessoria de Comunicação do Secovi-SP


  • Ampliar
  • Câmara de Mediação Secovi-SP
  • Certificação Digital
  • Geosecovi
  • Milenium
  • PQE - Programa Qualificação Essencial
  • Rede Imobiliária Secovi
  • Revista Secovi
  • Secovi Novos Empreendedores
  • Universidade Secovi-SP
  • Gentilezas Urbanas
  • Núcleo de Altos Temas