Institucional

Economia compartilhada e a disseminação do coworking pelo interior paulista


Painel da Convenção Secovi destacou o crescimento da atividade e perspectivas futuras
                                  Painel do Interior na Convenção Secovi 2019

O cenário econômico e as perspectivas do mercado imobiliário do interior paulista também estiveram presentes neste primeiro dia de Convenção Secovi. Com o tema “Interior paulista: o cenário ideal para investimentos nesta retomada da economia”, o objetivo foi abordar as razões pelas quais cada vez mais empresas e pessoas estão buscando o Interior e a Baixada Santista para investimentos e moradia, trazendo diversos impactos positivos para o mercado imobiliário. Além do vice-presidente do Interior do Secovi-SP, Frederico Marcondes César, também estiveram presentes os diretores regionais da entidade no interior e o CEO da Regus do Brasil, empresa pioneira no mercado de coworking, Tiago Alves.

                      Frederico Marcondes César e Tiago Alves

Com um crescimento exponencial desse segmento no interior, Frederico Marcondes César destacou os números do setor, que mostram o fortalecimento dessa tendência nas cidades paulistas. Segundo o Censo Coworking Brasil, a atividade cresceu 48% entre 2017 e 2018 em todo o País. Ainda, segundo o levantamento, existem, atualmente, 1.194 coworkings localizados nos 26 estados, mais o Distrito Federal, e que faturaram juntos cerca de 130 milhões de reais no ano passado. “Fico feliz em perceber a participação do interior neste estudo. Em 2018, 48,4% dos coworkings do Estado de São Paulo estavam localizados no interior, sendo 16 deles somente na minha cidade - São José dos Campos”, apontou.

Já o CEO da Regus do Brasil, Tiago Alves, explicou que a atividade de coworking está inserida dentro de uma tendência ainda maior – a da economia compartilhada. “Nada mais é privativo, tudo pode ser compartilhado, desde casas, carros, escritórios e até animais”, disse, se referindo aos aplicativos de compartilhamento de bichos de estimação. Para ele, além da redução de gastos, os coworkings profissionais oferecem inúmeras vantagens para os seus usuários. “Endereço privilegiado, redução de burocracia e networking qualificado são apenas alguns desses benefícios”, completou.

Diretores regionais do Secovi-SP participaram do Painel do Interior

 

A Convenção Secovi tem patrocínio de Atlas Schindler, Caixa, Grupo Souza Lima, OLX, Abrainc, Comgás, Intelbrás, Mapfre, Mega Sistemas, Porto Seguro, Regus, Serasa e Tokio Marine, SegImob, Techem.

Autor: Assessoria de Comunicação do Secovi-SP


  • Ampliar
  • Câmara de Mediação Secovi-SP
  • Certificação Digital
  • Geosecovi
  • Milenium
  • PQE - Programa Qualificação Essencial
  • Rede Imobiliária Secovi
  • Revista Secovi
  • Secovi Novos Empreendedores
  • Universidade Secovi-SP
  • Gentilezas Urbanas
  • Núcleo de Altos Temas