Institucional

Empregos crescem em Bauru


Números positivos impactam diversos setores, inclusive o da construção civil
                                    Bauru registra aumento de empregos 

Após um período de dificuldades, o mercado de trabalho de Bauru volta a dar boas notícias. Entre janeiro e setembro deste ano, o município ficou em quarto lugar entre as cidades paulistas que mais geraram empregos no Estado de São Paulo. Nesse período, foram abertos 4.672 postos de trabalhos formais – ante os 491 registrados em 2017. Ou seja, o intervalo atual contou com quase nove vezes mais vagas do que o anterior, uma diferença de 4.181 postos.

Os dados, divulgados no final de outubro, são do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do Ministério do Trabalho, e mostram que o município só ficou atrás de São Paulo, que empregou 61.445 pessoas; Ribeirão Preto, com 5.399 postos; e Campinas, que ofertou 5.258 novas vagas de trabalho. Segundo o levantamento, o setor de serviços em Bauru foi o principal beneficiado, com 3.100 postos de trabalho gerados. Atrás dele estão a construção civil e a indústria, que abriram 1.655 e 340 novas vagas, respectivamente. Até então, o melhor resultado do mercado de trabalho bauruense havia sido registrado em 2012, quando foram criadas 5.275 novas vagas.

                     Riad Elia Said

 “Importante ressaltar que a construção civil e a cadeia imobiliária figuram entre as principais atividades geradoras de mão de obra. Para dar continuidade ao círculo virtuoso, esperamos que o próximo governo proponha medidas que intensifiquem o desenvolvimento do nosso País e que o setor imobiliário possa contribuir com a retomada do crescimento de Bauru e região”, comenta Riad Elia Said, diretor Regional do Secovi no município.

 

 

Autor: Assessoria de Comunicação do Secovi-SP


  • Ampliar
  • Câmara de Mediação Secovi-SP
  • Certificação Digital
  • Geosecovi
  • Milenium
  • PQE - Programa Qualificação Essencial
  • Rede Imobiliária Secovi
  • Revista Secovi
  • Secovi Novos Empreendedores
  • Universidade Secovi-SP
  • Gentilezas Urbanas
  • Núcleo de Altos Temas