Institucional

Imobiliárias devem adotar medidas de sanitização de ambientes


Esta é uma das condições para retomada das atividades que constam de protocolo firmado entre Secovi-SP e Prefeitura de São Paulo

Desde a semana passada, as atividades imobiliárias foram liberadas parcialmente na capital paulista. A Prefeitura autorizou a abertura de imobiliárias e estandes de vendas em horários reduzidos de funcionamento, e condicionadas a uma série de medidas. O objetivo é que se preserve a saúde de colaboradores, clientes e se mitigue o risco de disseminação do novo coronavírus.

Um dos requisitos destacados para o funcionamento de estandes de vendas e de imobiliárias é a sanitização de ambientes. Para isso, deve-se garantir que haja, por exemplo, ambientes sempre ventilados; limpeza e desinfecção das superfícies mais utilizadas (como mesas de trabalho, teclados de computadores, maçanetas, botões, entre outros); e intensificação da limpeza em banheiros, refeitórios, copas e demais áreas de uso comum.

Além dessas medidas, deve-se garantir que, caso se ofereça água para os clientes, isso seja feito em embalagens individuais e descartáveis (garrafas individuais ou copos lacrados).

No período em que vigorar o protocolo, as empresas também não poderão disponibilizar serviços de manobristas nem oferecer alimentação. Deve-se, ainda, evitar o compartilhamento de equipamentos e utensílios – inclusive jornais, revistas, catálogos, prospectos, livros, controles remotos, entre outros.

Esse conjunto de ações foi construído junto às autoridades públicas para a retomada consciente da atividade do setor, devendo ser observadas e aplicadas com atenção. A eficácia das medidas contribuirá para que a flexibilização seja sustentável e progressiva.

Cabe, agora, a cada empresário do setor avaliar seu modelo de negócio e decidir quanto à necessidade/conveniência da abertura ao público ou a permanência de sua operação em trabalho interno e remoto por mais algum tempo, até que existam condições de adaptar-se ao protocolo ou até que as condições gerais de saúde na cidade se mostrem mais favoráveis.

O Secovi-SP manterá ativos os canais de divulgação e orientação às empresas do setor, apoiando-as neste importante momento de restabelecimento das atividades econômicas.

Confira o conteúdo completo do Protocolo aprovado pela Prefeitura de São Paulo.

Autor: Assessoria de Comunicação do Secovi-SP


  • Ampliar
  • Câmara de Mediação Secovi-SP
  • Certificação Digital
  • Geosecovi
  • Milenium
  • PQE - Programa Qualificação Essencial
  • Rede Imobiliária Secovi
  • Revista Secovi
  • Secovi Novos Empreendedores
  • Universidade Secovi-SP
  • Gentilezas Urbanas
  • Núcleo de Altos Temas