Institucional

Legislações criam Regiões Metropolitanas de Piracicaba e São José do Rio Preto


Cidades ganham maior importância econômica e social no Estado de São Paulo e ampliam potencial de negócios
Legislação cria Região Metropolitana de São José do Rio Preto

A Região Metropolitana de São José do Rio Preto, com 31 cidades, um total de 918 mil habitantes e PIB (Produto Interno Bruto) estimado em R$ 32 bilhões foi criada em 24/8, com a sanção da Lei Complementar nº 1.359/2021.

Com essa expansão, serão criadas novas oportunidades de negócios e investimentos nos municípios da RMSJRP, com melhoria da qualidade de vida da população.

A cidade de São José do Rio Preto é considerada a terceira melhor para se viver no Brasil, tem IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) de 0,834, e é polo nas áreas de saúde, comércio e prestação de serviços.

De acordo com Thiago Ribeiro, diretor regional do Secovi em Rio Preto, a criação da RM vai ampliar o interesse dos investidores, elevando a aprovação de projetos de loteamentos abertos e fechados na região. “A duplicação urbana da BR-153 também vai colaborar para isso”, diz.

Piracicaba – Também em 24/8, foi promulgada a Lei Complementar nº 1.360/2021, que cria a Região Metropolitana de Piracicaba, composta por 24 municípios, com 1,5 milhão de habitantes e PIB anual de R$ 76 bilhões.
 

Piracicaba também criou Região Metropolitana

Um dos destaques da legislação é a possiblidade de participação de entidades de classe e da sociedade civil no Conselho de Desenvolvimento das Regiões Metropolitanas.

Eleita a quarta melhor cidade do País em qualidade de vida, de acordo com o levantamento “Desafios da Gestão Municipal 2021”, da Macroplan, realizado entre as 100 maiores cidades brasileiras, Piracicaba tem unidade regional do Secovi-SP, conduzida por Angelo Frias Neto.

De acordo com ele, o crescimento do mercado imobiliário residencial em Piracicaba foi de 43% neste primeiro semestre, em comparação com o mesmo período de 2020. A locação de imóveis comerciais, residenciais, apartamentos novos e unidades em lotes expandiu 45% nos seis meses de 2021, em relação ao ano passado. “Os juros baixos atraem os investimentos para cá”, destaca o dirigente do Secovi-SP.

 

Autor: Assessoria de Comunicação - Secovi-SP 


  • Ampliar
  • Câmara de Mediação Secovi-SP
  • Certificação Digital
  • Geosecovi
  • Milenium
  • PQE - Programa Qualificação Essencial
  • Rede Imobiliária Secovi
  • Revista Secovi
  • Secovi Novos Empreendedores
  • UniSecovi