Administração de Condomínio

Live Secovi-SP focaliza protocolo de reabertura do setor imobiliário


Para auxiliar as empresas na adoção das medidas necessárias para atendimento ao compromisso firmado pelo setor para retomada das atividades, o Secovi-SP lançou um guia prático com dicas e kit de apoio

Os protocolos de retomada das atividades imobiliárias foram tema da Live Secovi-SP realizada dia 24/6, sob a coordenação do vice-presidente de Gestão Patrimonial e Locação da entidade, Adriano Sartori, que destacou a agilidade do Secovi-SP, em conjunto com outras entidades representativas do setor imobiliário, na apresentação dos protocolos de reabertura dos estandes de vendas e dos escritórios.

“São Paulo foi o único munícipio do Brasil que trouxe a comprometimento das entidades de classe no protocolo de reabertura”, destacou o vice-presidente de Intermediação Imobiliária e Marketing do Secovi-SP, Claudio Hermolin, lembrando que “o mercado imobiliário é exemplo para outros setores do País”. Segundo o vice-presidente, “isso reforça a responsabilidade e compromisso de cada corretor e de cada imobiliária nesta retomada segura. Tenho dito: tolerância zero no cumprimento rígido do protocolo.”.

Diretora executiva da vice-presidência de Administração Imobiliária e Condomínios, Moira de Toledo revelou que o Secovi-SP, em parceria com outras entidades, está preparando um guia prático de orientação para as administradoras e condomínios, que será lançado nas próximas semanas.

Moira destacou que, embora o condomínio nunca tenha sido fechado oficialmente, ele está inserido na cidade e, como tal, teve de adotar várias medidas para conter a disseminação da Covid-19. “É importante que siga todos os cuidados na reabertura”, afirmou. Neste material, explicou Moira, foram elencadas várias recomendações práticas, que o condomínio poderá disponibilizar para os moradores, funcionários e usuários.

Ela  adiantou que,  nos próximos dias, também será lançada a pesquisa CovidImob. “Precisamos muito do comprometimento das empresas em responder essa pesquisa, para que possamos acompanhar a aderência do protocolo de reabertura das nossas atividades e verificar se está funcionando ou se serão necessários ajustes.”

José Roberto Graiche Júnior, presidente da Aabic (Associação das Administradoras de Bens Imóveis e Condomínios de São Paulo), salientou a importância de cumprir os compromissos assumidos no documento firmado com a Prefeitura de São Paulo. Segundo ele, o protocolo traduziu os cuidados que as administradoras já vinham tomando desde o início da pandemia.

“Também estamos montando os protocolos específicos para cada administradora e condomínios comerciais, estabelecendo o fluxo de trabalho para que possamos trabalhar de maneira segura”, disse Graiche.

Pilares

Norma Araujo, superintendente do Instituto de Ensino do Seconci-SP  (Serviço Social da Construção Civil), destacou os cinco pilares para a implementação do protocolo com sucesso: o distanciamento social, o uso de máscara, o reforço de limpeza dos ambientes, a verificação do estado de saúde dos colaboradores com o registro diário dos dados e, por fim,  a comunicação.

“A Covid-19 trouxe um grande desafio para todos nós, que é a mudança de hábitos. Se não nos adaptarmos ao ‘novo normal’, teremos dificuldade em garantir que a operação não leve ao aumento de risco de contágio da Covid-19”, reiterou Norma, mencionando o elevador como um dos pontos críticos; pois, segundo ela,  é difícil manter o distanciamento recomendado dentro dele.

“Devemos evitar conversar dentro do elevador. Pois, à medida que conversamos, também promovemos a umidificação da máscara, aumentando o risco de contagio que ocorre predominantemente de pessoa a pessoa”, ressaltou Norma Araujo, lembrando que o Seconci-SP foi a única entidade de saúde signatária do protocolo, contribuindo efetivamente para que o mercado imobiliário pudesse promover a reabertura gradual das atividades em um ambiente de trabalho seguro para todos: colaboradores, usuários e visitantes.

Guia prático

Patrícia Bittencourt, gestora de Projetos da vice-presidência de Tecnologia e Sustentabilidade do Secovi-SP, anunciou que acaba de ser lançado o Guia Prático de Reabertura do Setor Imobiliário. A publicação está estruturada com orientações divididas em três etapas: acesso, permanência e saída do local. Patrícia explicou detalhadamente cada fase, destacando algumas medidas como sinalização, agendamento para atendimento ao público, apoio a colaboradores com dependentes, entre outras.

“É importante que cada empresa tenha seu plano de resposta, com ações de controle e prevenção e, ainda, em  caso de ter algum caso suspeito ou confirmado de Covid-19. Para ajudar na elaboração deste plano, estamos disponibilizando um material editável com sugestões e campos para preenchimento pela empresa”, informou Patricia.

A publicação, que teve apoio técnico do Seconci-SP (Serviço Social da Construção Civil), traz, ainda, um kit de comunicação com modelos de cartazes, banners, avisos contendo instruções sobre acesso e permanência nos estabelecimentos e durante visitas a imóvel ou unidade decorada.

Todas as informações e publicações referentes aos protocolos de reabertura estão disponíveis em www.secovi.com.br/protocolos.

Assista a Live na íntegra.


  • Ampliar
  • Câmara de Mediação Secovi-SP
  • Certificação Digital
  • Geosecovi
  • Milenium
  • PQE - Programa Qualificação Essencial
  • Rede Imobiliária Secovi
  • Revista Secovi
  • Secovi Novos Empreendedores
  • Universidade Secovi-SP
  • Gentilezas Urbanas
  • Núcleo de Altos Temas