Loteamento

Lote Legal terá agenda de lançamento


Campanha é voltada para combater ocupações irregulares e clandestinas
Campanha Lote Legal será lançada em breve

A Aelo (Associação das Empresas de Loteamento e Desenvolvimento do Estado de São Paulo) vai lançar em breve a campanha Lote Legal, de combate aos loteamentos clandestinos, com a oferta de uma Cartilha do Comprado de Lote. Idealizado em junho de 2021 como ampliação do serviço Disque Denúncia da entidade paraceira do Secovi-SP, o Lote Legal passou a ser um dos temas principais da Associação para este ano.

Por ser uma campanha abrangente, com a participação de vários parceiros e com um plano de divulgação a cargo de jornalistas e publicitários, essa iniciativa envolve contatos e acordos com instituições, que se iniciaram em setembro do ano passado e que vêm prosseguindo neste ano. O presidente da Aelo, Caio Portugal, e também vice-presidente de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente do Secovi-SP, tem participado dos encontros, que reúne uma equipe multidisciplinar e está sendo desenvolvida pela AgênciaM de Propaganda e Marketing.

Está em fase de construção o site oficial do Lote Legal, que ficará disponível aos associados da Aelo e aos compradores de lotes, apresentando o conceito da campanha e todas as orientações para o público do mercado imobiliário. No futuro, o site também manterá e atualizará uma seção de notícias a respeito do tema.

O que é o Lote Legal -  É uma parcela de loteamento instituído e lançado por empresa idônea e que atende a todos os requisitos da legislação, em contraste com loteamentos irregulares ou clandestinos. Comprar com segurança exige atenção a alguns itens básicos.

  1. 1 – Antes de fechar negócio, o comprador precisa conhecer o lote e a região. Converse com o corretor, veja a planta, busque informações sobre a empresa loteadora e sobre o empreendimento.
  2. 2 – Consulte os órgãos municipais e o cartório para checar as informações apresentadas pelo corretor. Tenha acesso aos documentos. Não deixe de fazer perguntas.
  3. 3 – Desconfie de lotes oferecidos a preços mais baixos que os de mercado. O barato pode sair caro. Se persistir alguma dúvida, é melhor procurar outro loteamento.

A Aelo lembra da importância dos acordos de cooperação com entidades e instituições para que os objetivos da campanha sejam alcançados. Um dos primeiros acordos foi assinado, em 25 de outubro do ano passado, com o CRECI-SP (Conselho dos Corretores de Imóveis do Estado de São Paulo).

Essa parceria garante o apoio dos corretores nos 645 municípios paulistas, que, assim, participam da vigilância em cima de loteamentos, podendo detectar os suspeitos e denunciá-los, evitando que possíveis compradores caiam em golpes.

Notícia elaborada a partir da publicação do Boletim Aelo OnLine 877, de 10 de feveriro de 2022 

Autor: Assessoria de Comunicação - Secovi-SP 


  • Ampliar
  • Câmara de Mediação Secovi-SP
  • Certificação Digital
  • Geosecovi
  • Milenium
  • PQE - Programa Qualificação Essencial
  • Secovi Novos Empreendedores
  • UniSecovi