Institucional

Novos tempos do mercado imobiliário pautam painel internacional


Marja Elsinga, professora da Delft University, falou sobre as mudanças nas políticas de habitação, especialmente na Europa, na Convenção Secovi
João Crestana e Flavio Bellegarde ladeiam os palestrantesFarook, Marja e Lima

A influência das mudanças mercadológicas, comportamentais e institucionais nas políticas e estratégias de habitação no mundo foram o foco do painel internacional da Convenção Secovi 2017.

A primeira palestrante foi Marja Elsinga, professora da holandesa Delft University of Technology, que tem pesquisadores de todo o mundo que analisam situações e produzem conhecimento visando melhorar as estratégias para investidores no mercado imobiliário.

“Habitação é necessidade básica da população e é uma questão de vital importância para cidades em crescimento, como São Paulo. Se não encontrar casa para morar que caiba em seu bolso e se o governo não a fornecer, as pessoas de baixa renda arranjam uma solução informal em áreas urbanas”, comentou. “Novas soluções habitacionais para cidades que estão se urbanizando representam um desafio para toda a cadeia. Todos devem pensar em soluções”, alegou.

Elsinga compartilhou um ranking que aponta um paradoxo presente na Europa: quanto maior a renda de um país, menor a taxa de pessoas com casa própria. No ranking, a Suíça ocupa o primeiro lugar em renda e tem a menor taxa de proprietários, ao passo que a Romênia, última colocada em renda, possui elevado número de proprietários de casa.

Luis Lima, presidente da Cimlop (Confederação da Construção e do Imobiliário de Língua Oficial Portuguesa), falou sobre as políticas e as estratégias de habitação na Europa e dados de Portugal, e Farook Mahmood, presidente da Fiabci Mundial, apresentou um panorama econômico da Índia, que recebeu, em 2016, 49% do investimento estrangeiro destinado ao setor de real estate, liderando o ranking, bem à frente dos demais, como Estados Unidos e Singapura.

João Crestana, coordenador de Relações Internacionais do Secovi-SP e ex-presidente da casa, coordenou as atividades do painel, que contou com participação de Flavio Bellegarde, ex-presidente da Fiabci Mundial, como debatedor.

Ao todo, prestigiaram a Convenção Secovi 13 representantes de seis entidades parceiras: ALAI, Fiabci Mundial, Cimlop, Apemip, IREM e RICS.

Homenagedos pela Fiabci Mundial exibem as placas recebidas

Homenagem

Pelos serviços prestados ao setor imobiliário, Farook Mahmood homenageou Flavio Amary (presidente do Secovi-SP), e ex-presidentes do Secovi-SP Claudio Bernardes, João Crestana, Romeu Chap Chap e Ricardo Yazbek, os vice-presidentes Rodrigo Luna (Habitação Econômica) e Basilio Jafet (Relações Institucionais) e Flavio Gonzaga Bellegarde (ex-presidente da Fiabci Mundial).

Confira as fotos em nosso flickr.

Autor: Assessoria de Comunicação - Secovi-SP

Comente essa notícia


  • Ampliar
  • Câmara de Mediação Secovi-SP
  • Certificação Digital
  • Geosecovi
  • Milenium
  • PQE - Programa Qualificação Essencial
  • Rede Imobiliária Secovi
  • Revista Secovi
  • Secovi Novos Empreendedores
  • Universidade Secovi-SP
  • Gentilezas Urbanas
  • Núcleo de Altos Temas