Institucional

Olímpia será o primeiro distrito turístico do Estado de São Paulo


A informação foi revelada pelo secretário estadual de Turismo, Vinicius Lummertz, em painel na Convenção Secovi, mediado pelo vice-presidente da entidade Caio Calfat, com a participação do empresário Alain Baldacci
 Vice-presidente do Secovi-SP Caio Calfat e o secretário Vinicius Lummertz

O secretário de Turismo do Estado de São Paulo, Vinicius Lummertz, revelou que os dois primeiros distritos turísticos de São Paulo serão implementados em Olímpia, e depois em Itupeva, Vinhedo, Louveira e Jundiaí, que já têm um Plano Diretor ofertado pelos empresários.

“Estamos preparando o decreto que vai regulamentar o distrito turístico de Olímpia, que será assinado no próximo dia 2 de setembro”, adiantou o secretário em painel da Convenção Secovi, dia 23/8.

A criação de distritos turísticos no Estado de São Paulo está prevista na Lei nº 17.374/2021, publicada em 8 de junho deste ano. O secretário destacou a importância desta legislação e contou que já havia proposto um projeto de lei federal, quando foi ministro do Turismo, mas a tramitação não avançou.

“Fizemos uma legislação estadual que abrangesse outras áreas, além dos parques naturais e temáticos, como é o caso dos distritos históricos na região central da Capital”, disse Lummertz, salientando que o principal objetivo da criação dos distritos é proporcionar uma nova lógica de desenvolvimento turístico para o Estado, incentivando investimentos em empreendimentos-âncoras.

O painel foi mediado por Caio Calfat, vice-presidente de Assuntos Turísticos e Imobiliários do Secovi-SP e presidente da Adit Brasil, que também destacou a aprovação da Lei 17.374/2021 e explicou que o distrito pode abranger uma ou mais regiões.

“Isso vai depender do potencial turístico da região”, disse Calfat, informando que o Secovi-SP é parceiro da Setur na implementação de programas destinados a desenvolver ações que possibilitem o desenvolvimentos de empreendimentos turísticos e imobiliários. “O paulista é o maior turista brasileiro e não ocupa os principais destinos do Estado”, observou o vice-presidente do Secovi-SP.  

Alain Baldacci, presidente do Wet´n Wild no Brasil, fez um histórico e apresentou os conceitos do distrito turístico, que nasceu nos Estados Unidos com o complexo construído por Walt Disney, na década de 1960.

“Um distrito turístico é uma área delimitada, onde existe um tratamento diferenciado direcionado ao turista. Neste local, só há empreendimentos voltados ao turismo com infraestrutura adequada, serviços e atrações. Um ambiente completo, seguro e agradável, onde os empreendimentos não são concorrentes e sim complementares, e atuam em sinergia, formando um destino turístico com grande potencial”, explicou Baldacci.

A Convenção Secovi, organizada pelo Secovi-SP, contou com a parceria de seguros da SegImob e patrocínio de Atlas  Schindler, Abrainc, Crowe Macro, SuperLógica, Grupo Souza Lima, Porto Seguro, Realogy, DocuSign, Wework, Zap+, Cashme, Haganá, Krédito, Condopay e CrediHome.

 

Autor: Assessoria de Comunicação - Secovi-SP


  • Ampliar
  • Câmara de Mediação Secovi-SP
  • Certificação Digital
  • Geosecovi
  • Milenium
  • PQE - Programa Qualificação Essencial
  • Rede Imobiliária Secovi
  • Revista Secovi
  • Secovi Novos Empreendedores
  • UniSecovi