Institucional

Painel debate ações públicas e privadas na área de habitação popular


Programas habitacionais do governo estadual e o Minha Casa, Minha Vida pautaram debate sobre soluções para o déficit de moradias 
                              Circe Bonatelli, Flavio Amary e Rodrigo Luna

No segundo dia da Convenção Secovi, 27/8, um dos painéis mais movimentados foi o “Tempo de construir”, que contou com as participações do secretário estadual da Habitação, Flavio Amary, e do vice-presidente de Habitação Econômica do Secovi-SP, Rodrigo Luna. Em pauta, as ações para alavancar as atividades imobiliárias, incluindo os projetos voltados para a habitação popular.

Amary abordou inicialmente o programa Nossa Casa, ação que prevê investimentos da ordem de R$ 1 bilhão para a construção de 60 mil moradias nos próximos quatro anos. Segundo ele, os detalhes serão apresentados em breve, mas a iniciativa será responsável por fomentar a produção imobiliária no Estado. “O orçamento da Pasta é de R$ 1,6 bilhão por ano. Estamos reservando uma parte para o Nossa Casa, pois este não é o único programa da secretaria. Além dele, continuamos a construir unidades da CDHU nos municípios, temos ações importantes de regularização fundiária dentro do programa Cidade Legal e muitas outras medidas”, disse.

Sobre o combate ao déficit habitacional, o vice-presidente de Habitação Econômica do Secovi-SP, Rodrigo Luna, enfatizou a importância do programa Minha Casa, Minha Vida, responsável pela entrega de 5,5 milhões de unidades nos últimos 10 anos e considerado o maior programa habitacional de baixa renda do mundo. Durante sua apresentação, o dirigente também destacou os desafios futuros do programa. “É indiscutível que o poder público e o setor privado precisam encontrar uma solução, e essa saída não contém apenas um caminho, pois passa pela locação, cooperativas etc. Todas elas em conjunto vão ajudar a combater o déficit habitacional”, acrescentou Luna, durante o debate mediado pelo jornalista Circe Bonatelli.  

A Convenção Secovi tem patrocínio de Atlas Schindler, Caixa, Grupo Souza Lima, OLX, Abrainc, Comgás, Intelbrás, Mapfre, Mega Sistemas, Porto Seguro, Regus, Serasa e Tokio Marine, SegImob, Techem.

Autor: Assessoria de Comunicação do Secovi-SP


  • Ampliar
  • Câmara de Mediação Secovi-SP
  • Certificação Digital
  • Geosecovi
  • Milenium
  • PQE - Programa Qualificação Essencial
  • Rede Imobiliária Secovi
  • Revista Secovi
  • Secovi Novos Empreendedores
  • Universidade Secovi-SP
  • Gentilezas Urbanas
  • Núcleo de Altos Temas