Compra e Venda

Piracicaba registra queda de 28,2% no estoque de imóveis


Levantamento do Secovi-SP apurou 1.920 unidades lançadas e 2.255 vendidas em 12 meses na cidade
       Presidente do Secovi-SP, Flavio Amary, e o palestrante Estevão Scripilliti

O Estudo do Mercado Imobiliário, realizado pelo Departamento de Economia e Estatística do Secovi-SP (Sindicato da Habitação) em parceria com a Robert Michel Zarif Assessoria Econômica, apurou que a cidade de Piracicaba registrou, em março de 2018, a oferta de 1.777 unidades disponíveis para venda. O montante corresponde a uma redução de 28,2% em relação ao mesmo mês do ano anterior, quando houve o apontamento de 2.474 unidades não comercializadas. Esta oferta é formada por imóveis na planta, em construção e prontos (estoque), lançados nos últimos 36 meses (abril de 2015 a março de 2018). Os dados foram divulgados na noite desta segunda-feira, 21/5, durante o Encontro Secovi do Mercado Imobiliário, que ocorreu na sede da Acipi (Associação Comercial e Industrial de Piracicaba).

          Frias Neto, Estevão Scripilliti, Elci Pereira e Marcondes César

O levantamento ainda indicou que, entre abril de 2017 e março de 2018, foram lançadas no município 1.920 unidades, volume 22,5% inferior ao período anterior, quando os lançamentos totalizaram 2.478 residências. Nesse mesmo intervalo, foram comercializados 2.255 imóveis novos. O resultado representa uma redução de 8,7% em relação às 2.469 unidades vendidas e contabilizadas no levantamento passado. No estudo, os imóveis de 2 dormitórios econômicos destacaram-se em quase todos os indicadores, entre abril de 2017 e março de 2018, registrando a maior quantidade de vendas (1.610 unidades), de lançamentos (1.374 unidades), de oferta (1.308 unidades) e o maior VGV (R$ 252,4 milhões). Já o melhor desempenho de comercialização foi de imóveis de 3 dormitórios econômicos, que atingiu VSO de 100%, seguidos pelos imóveis de 1 dormitório econômico (85,6% de VSO), resultado da divisão das 167 unidades vendidas em relação aos 195 imóveis em oferta.

Entre abril de 2017 e março de 2018, o VGV (Valor Global de Vendas) totalizou R$ 471,1 milhões, volume 1,6% inferior ao registrado no levantamento passado, quando atingiu a marca de R$ 479 milhões. Nos 12 meses, o indicador VSO – que apura a porcentagem de vendas em relação ao total de unidades ofertadas – ficou em 55,9%, representando crescimento em relação aos 49,9% apontados no período anterior. “A redução no estoque de imóveis leva a uma estabilização de preços, inclusive, com viés de alta desses valores, pois a oferta é menor. Ao mesmo tempo, há muitas empresas locais e de âmbito nacional buscando oportunidades e prospectando áreas para implementar empreendimentos futuros. Para nós, essas movimentações mostram que o mercado está aquecido e há uma clara demonstração de confiança no processo de retomada do setor imobiliário”, comenta Angelo Frias Neto, diretor do Secovi-SP e presidente do Conselho Consultivo da Acipi. Confira aqui o estudo na íntegra

                    Cerca de 160 pessoas participaram do evento

O Encontro Secovi do Mercado Imobiliário contou com a presença de aproximadamente 160 pessoas, entre autoridades e profissionais da área. Estiveram presentes, ainda, o presidente do Sindicato da Habitação, Flavio Amary, o vice-presidente do Interior, Frederico Marcondes César, e o diretor Angelo Frias Neto, que apresentou o Estudo de Mercado de Piracicaba. Os participantes também puderam acompanhar a palestra ”Panorama do Mercado Imobiliário”, ministrada pelo economista do Banco Bradesco, Estevão Scripilliti, que tratou do cenário atual e as tendências para o setor. O encontro também teve a presença de Marcos Elci Pereira, gerente da Regional Piracicaba do Banco Bradesco. 

Autor: Assessoria de Comunicação do Secovi-SP


  • Ampliar
  • Câmara de Mediação Secovi-SP
  • Certificação Digital
  • Geosecovi
  • Milenium
  • PQE - Programa Qualificação Essencial
  • Rede Imobiliária Secovi
  • Revista Secovi
  • Secovi Novos Empreendedores
  • Universidade Secovi-SP
  • Gentilezas Urbanas
  • Núcleo de Altos Temas