Institucional

Redução da Selic representa oportunidade para a retomada do desenvolvimento econômico


Secovi-SP acredita que medida vai estimular o setor produtivo e, em especial, o mercado imobiliário

O Secovi-SP considera acertada a decisão do Copom (Comitê de Política Monetária) do Banco Central que reduziu a taxa básica de juros (Selic) em 0,5 ponto porcentual, passando de 6,5% para 6% ao ano.

Para o presidente Basilio Jafet, trata-se de oportunidade para a retomada do crescimento da economia, e especialmente para o mercado imobiliário, que é bastante sensível à taxa de juros. “Estamos chegando a um estágio cada vez mais próximo das taxas de juros dos países desenvolvidos. Os Estados Unidos também baixaram os juros em 0,25 ponto percentual, o que parece estar configurando um novo patamar para a taxa básica de juros mundo afora”, afirma.

Um aspecto importante, na avaliação de Jafet, é que a medida adotada pelo Copom pode estimular a redução das taxas cobradas pelos bancos no crédito imobiliário, criando um círculo virtuoso para o mercado.

Autor: Assessoria de Comunicação - Secovi-SP


  • Ampliar
  • Câmara de Mediação Secovi-SP
  • Certificação Digital
  • Geosecovi
  • Milenium
  • PQE - Programa Qualificação Essencial
  • Rede Imobiliária Secovi
  • Revista Secovi
  • Secovi Novos Empreendedores
  • Universidade Secovi-SP
  • Gentilezas Urbanas
  • Núcleo de Altos Temas