Institucional

Secovi-SP e Câmara Municipal de SP celebram acordo de cooperação técnica


Convênio tem como objetivo promover intercâmbio de atividades visando a análise e a proposição de projetos de lei relacionados ao setor na capital paulista
Paulo Frange, José Police Neto, Flavio Amary e Milton Leite

O Secovi-SP e a Câmara Municipal de São Paulo firmaram nesta quarta-feira, 27/9, Termo de Cooperação Técnica destinado a promover intercâmbio e integração de atividades visando a análise e a proposição de projetos de lei relacionados ao mercado imobiliário da capital paulista.

Os presidentes do Secovi-SP, Flavio Amary, e da Câmara, Milton Leite (DEM), assinaram o convênio durante encontro na sede do Sindicato da Habitação, com a presença dos vereadores José Police Neto (PSD) e Paulo Frange (PTB), além dos vice-presidentes da entidade Basilio Jafet (Relações Institucionais) e Caio Calfat (Assuntos Turísticos Imobiliários), do coordenador executivo da vice-presidência de Assuntos Legislativos e Urbanismo Metropolitano da entidade, Eduardo Della Manna, e do consultor legislativo, Edson Marcusso.

“A oficialização do acordo, bem como seu efetivo cumprimento, constitui um passo importante para o mercado imobiliário e beneficia sobretudo a cidade de São Paulo. Temos muito a contribuir para que os vereadores se municiem de informações de grande relevância, sejam técnicas, urbanísticas ou de mercado, e possam construir projetos que, na prática, se tornem mais próximos da realidade da sociedade paulistana”, afirma Flavio Amary. O acordo, segundo ele, também demonstra a indispensável transparência na relação entre o poder público e a iniciativa privada.

Representantes do Secovi-SP e da Câmara Municipal de São Paulo

Pelo acordo, durante dois anos, o Secovi-SP irá contribuir com conhecimento técnico em quaisquer projetos que envolvam aspectos urbanísticos, ambientais, habitacionais, edilícios e imobiliários na cidade de São Paulo. A Câmara também contará com a colaboração do setor em temas relacionados aos bens e direitos de valor artístico, estético, histórico, turísticos e paisagístico.

Caberá ao legislativo municipal garantir, a representantes do Sindicato da Habitação, acesso a informações, projetos de lei, pareceres, substitutivos e demais documentos referentes à colaboração técnica oferecida pela entidade.

Ainda conforme o Termo, dois representantes indicados pela Câmara e outros dois pelo Secovi-SP ficarão responsáveis pela definição de critérios e métodos de trabalho a serem adotados para o cumprimento do acordado, e incumbidos de resolver questões técnicas e administrativas decorrentes da execução das tarefas. 

Autor: Assessoria de Comunicação - Secovi-SP

Comente essa notícia


  • Ampliar
  • Câmara de Mediação Secovi-SP
  • Certificação Digital
  • Geosecovi
  • Milenium
  • PQE - Programa Qualificação Essencial
  • Rede Imobiliária Secovi
  • Revista Secovi
  • Secovi Novos Empreendedores
  • Universidade Secovi-SP
  • Gentilezas Urbanas
  • Núcleo de Altos Temas