Institucional

Secovi-SP realiza mais uma live sobre o Plano São Paulo de retomada econômica


Para falar de Logística e Transportes no Estado, Sindicato convidou João Octaviano, secretário da pasta
Live com secretário de Logística e Transportes de São Paulo

O secretário de Logística e Transportes do Estado de São Paulo, João Octaviano, foi entrevistado por Denise Campos de Toledo em live no dia 8/7, promovida pelo Secovi-SP.

Como tema central o Plano São Paulo e a retomada da economia na área de logística, o secretário conversou, em tom informal, com o presidente do Secovi-SP, Basilio Jafet, que também participou da live.

Octaviano informou que as atividades de sua pasta, durante a pandemia, se voltaram basicamente para equilibrar o orçamento e manter as obras em andamento. “Trabalhamos para garantir a estrutura das rodovias em obras e o funcionamento da malha rodoviária do Estado de São Paulo, mantendo as concessões. Acreditamos que fizemos um bom trabalho, porque não houve problemas de abastecimento (supermercados, farmácias etc.)”, destacou.

O secretário disse que alguns munícipios criaram barreiras sanitárias, mas que a sua pasta conseguiu derrubar essas medidas e manter o processo de distribuição em todo o Estado. “Uma boa governança garantiu que todas as estruturas permanecessem ativas.”

Para amparar os caminhoneiros durante o período mais sério de pandemia, a Secretaria, em parceria com as empresas concessionárias, desenvolveu uma iniciativa de cooperação, que já distribuiu 450 mil kits de alimentação, higiene e limpeza para esses profissionais. Octaviano também, mencionou a companha de vacinação, com distribuição de três mil doses nas rodovias.

Outra medida adotada foi a doação de R$ 30 mil aos caminhoneiros por meio de isenção de pagamento do pedágio.

Para a construção civil, foi mantida a distribuição de fluxos de materiais, atendendo até onde não era permitido circular caminhão antes da pandemia.

Obras – O secretário João Octaviano falou que foi criado um novo cronograma de obras, com ajuste na condição de trabalho dos operários, a fim de obedecer a todas as regras de higiene e segurança.

Ele falou um pouco sobre o andamento dos projetos de privatização de 22 aeroportos, que estão mantidos.

O presidente do Secovi-SP, Basilio Jafet, questionou o secretário acerca da economia do Estado, como estão o movimento das rodovias e dos aeroportos, e qual a estimativa do PIB de São Paulo para este ano.

Octaviano explicou que no pico da pandemia, o transporte de carga nas rodovias retraiu 60%. “A perda foi significativa e se deu muito pelo fechamento de inúmeras atividades. Com a reabertura, já percebemos uma recuperação no volume médio da malha rodoviária de 75%, aproximadamente.”

Quanto à paralisação dos aeroportos, o secretário destacou que eles estão operando com 1/3 da frota, em todo Estado de São Paulo.

Agora, sobre o PIB, ele ressaltou que o secretário Henrique Meirelles (Fazenda e Planejamento) está cuidando do assunto. “Ele vai apresentar um bom plano econômico em setembro. Estamos com boas perspectivas.”

Acompanhe a live completa.

Autor: Assessoria de Comunicação - Secovi-SP


  • Ampliar
  • Câmara de Mediação Secovi-SP
  • Certificação Digital
  • Geosecovi
  • Milenium
  • PQE - Programa Qualificação Essencial
  • Rede Imobiliária Secovi
  • Revista Secovi
  • Secovi Novos Empreendedores
  • Universidade Secovi-SP
  • Gentilezas Urbanas
  • Núcleo de Altos Temas