Institucional

Visita técnica prioriza empreendimentos inovadores e sustentáveis


Sob a coordenação do Secovi NE, 40 pessoas participaram da atividade da Convenção Secovi no sábado, 26/8
`Participantes da visita técnica em frente ao Miss Silvia Morizono

O Secovi NE, grupo de Novos Empreendedores do Sindicato da Habitação, coordenou duas visitas técnicas a empreendimentos comerciais na Capital, programação que integrou as atividades de abertura da Convenção Secovi 2017, no sábado, 26/8. Os edifícios Miss Silvia Morizono e Corujas surpreenderam pela inovação e por altos padrões de sustentabilidade.

Localizado na avenida Brigadeiro Faria Lima, o edifício Miss Silvia Morizono, da CCP (Cyrela Commercial Properties), começou a operar no primeiro semestre deste ano e, devido aos seus muitos diferenciais, já está com 58% de ocupação e com fluxo diário de 1500 pessoas. Com pré-certificação LEED Gold, do U.S. Green Building Council, o edifício de 13 pavimentos e área superior aos 18 mil m² locáveis, categoria Triple A, é referência em sustentabilidade a começar pelos quatro subsolos.

As vagas de garagem privilegiadas são exclusivas para carros elétricos de baixa emissão de poluentes, e o nível de monóxido de carbono é monitorado por sensores que ativam ventiladores para circulação de ar. O bicicletário comporta 100 bicicletas e oferece vestiários diferenciados e confortáveis para os usuários se arrumarem para o trabalho com toda privacidade.

Estação de tratamento de água do Miss Silvia Morizono

A estação de tratamento de água de banheiro e de lençol freático atende as bacias sanitárias, uma das iniciativas que contribuem para redução de 17% do consumo hídrico. Também em um dos subsolos encontra-se a estação de reciclagem, para onde funcionários treinados de cada empresa levam o lixo para triagem.

Cem por cento da CCP destinam-se para locação de lajes, e a perda de área locável com facilities é baixa: entre 10% e 15%. O empreendimento também oferece diferenciais tecnológicos, como sistema biométrico de reconhecimento facial na recepção.

Horizontalidade, jardins e espaços abertos

O Edifício Corujas foi o segundo destino da visita técnica da Convenção Secovi. Localizado na Vila Madalena, o empreendimento da Idea!Zarvos surpreende pela proposta de edifício horizontal, envelopamento de madeira, paisagismo caprichado com jardins em abundância, projeto de iluminação, transparência entre outros elementos que trazem mais pessoalidade, favorecem o conforto e a qualidade de vida das 350 pessoas que trabalham ali.

Com 5.880 m² e unidades locáveis a partir de 114 m² - todas ocupadas e com fila de espera -, o edifício oferece diversas unidades com o pé direito duplo invertido aproveitando o terreno acidentado, conta com bicicletário e vestiários individuais, muitas áreas de convivência para networking e valorização do bem-estar das pessoas que o ocupam.

O projeto foi alinhado à indústria criativa, característica de quem ocupa o bairro, como agências de publicidade, startups, produtoras e empresas de tecnologia.

Eifício Corujas, que privilegia áreas abertas de convivência e muito verde

Sob o conceito de projeto de arquitetura autoral, o Corujas foi assinado pelo escritório FGMF Arquitetos. “O perfil do consumidor brasileiro de classe média alta está mudando. Eles estão mais exigentes, voltando a valorizar a arquitetura em projetos”, comentou Fernando Forte, um dos arquitetos do escritório.

Confira as fotos da visita em nossos álbuns no flickr: Miss Silvia Morizono e Corujas.

Autor: Assessoria de Comunicação - Secovi-SP

Comente essa notícia


  • Ampliar
  • Câmara de Mediação Secovi-SP
  • Certificação Digital
  • Geosecovi
  • Milenium
  • PQE - Programa Qualificação Essencial
  • Rede Imobiliária Secovi
  • Revista Secovi
  • Secovi Novos Empreendedores
  • Universidade Secovi-SP
  • Gentilezas Urbanas
  • Núcleo de Altos Temas