Um empreendimento em São Paulo promete revolucionar o mercado de moradia para classe média. É o Fibra Experts, localizado no bairro do Tatuapé, na zona leste da cidade. O conjunto residencial acaba de ser certificado com o selo AQUA-HQE, emitido pela Fundação Vanzolini com assessoria da proActive Consultoria, especializada em construções sustentáveis.

Estudos indicam que o investimento com as ações sustentáveis, custam em média de 1% a 3% mais e são amortizados e até mesmo revertidos, através da implantação do canteiro de obras com preocupações ecológicas, que garante agilidade e economia durante a construção.

Apartamentos residenciais com metragem variando entre 42 a 71 m² são tipicamente destinados à classe média. O que é difícil encontrar nesses empreendimentos são soluções que tornam o empreendimento sustentável. Elas devem ser adotadas ainda durante a construção.

O Fibra, para receber o certificado buscou usar produtos fabricados o mais próximo possível da obra, minimizando impactos com o transporte e otimizando os prazos de construção. Além disso, adotou a pintura com tintas e solventes a base de água, ou as que façam parte do programa Coatings Care, a fim de minimizar a emissão de poluentes. Também instalou uma série de equipamentos que permitirá economizar luz e água, ainda mais agora, nessa fase tão crítica que a cidade paulista passa com a crise hídrica.

A construção ainda possui sistemas de medição de água individualizados e economizadores e restritores de vazão, o que evita desperdícios e reduz de consumo de água potável. Sensores de movimento para economizar energia e bombas, elevadores e ar condicionado, que limitem o consumo de energia e contenham o nível A do Procel (Programa Nacional de Conservação de Energia Elétrica). Outra solução que ajuda a reduzir e muito o consumo de energia foi o tratamento térmico da laje.

Fonte: http://www.diariodepernambuco.com.br