SENADO FEDERAL

 

 

Terça-feira, 28 de abril de 2015.

 

 

Iara Guimarães Altafin | 28/04/2015, 15h10 – ATUALIZADO EM 28/04/2015, 15h21

 

 

 

Flexa Ribeiro (PSDB-PA) com Blairo Maggi (PR-MT), autor do requerimento de audiência para debater incentivos às florestas plantadas e a união das entidades que representam o setor, constituindo a Indústria Brasileira de Árvores – Ibá

Geraldo Magela/Agência Senado

 

 

O estabelecimento de incentivos às florestas plantadas será tema de audiência pública conjunta das comissões de Meio Ambiente, Defesa do Consumidor e Fiscalização e Controle (CMA) e de Agricultura e Reforma Agrária (CRA). Na mesma audiência deverá ser debatida a união das entidades que representam o setor, constituindo a Indústria Brasileira de Árvores (Ibá).

A participação da CMA foi confirmada nesta terça-feira (28), com a aprovação de requerimento apresentado pelo senador Blairo Maggi (PR-MT).

Ele explicou que a Ibá é uma associação que reúne empresas da cadeia produtiva de árvores plantadas, desde o campo até a indústria. A atividade tem sido importante fonte de emprego e renda, resultando ainda em balanço positivo na emissão de carbono.

A Divisão de Florestas Plantadas, do Ministério da Agricultura, estima que a área de florestas comerciais, até 2020, passará dos atuais de 6 milhões de hectares para 9 milhões de hectares.

Blairo Maggi sugere que sejam convidados para o debate o presidente do Conselho Deliberativo da Ibá, Carlos Lira Aguiar; a presidente executiva da entidade, Elizabeth de Carvalhaes; e o presidente da Câmara Setorial de Florestas Plantadas do Ministério da Agricultura, Luiz Calvo Ramires Junior.

 

Agência Senado (Reprodução autorizada mediante citação da Agência Senado)

 

 

Fonte: Senado Federal – Agência Senado