O ministro das Cidades, Gilberto Kassab, esteve no Secovi-SP (Sindicato da Habitação) dia 10/4, em mais uma edição do encontro da política “Olho no Olho” da entidade. Para empresários, políticos e jornalistas, Kassab falou que a prioridade do governo é investir em habitação de interesse social. “Não há país que tenha feito um programa habitacional com essas proporções”, enfatizou o ministro, referindo-se ao programa Minha Casa, Minha Vida (MCMV).

De acordo com o ministro, o Minha Casa, Minha Vida e o Bolsa Família melhoraram a qualidade de vida de mais de 50 milhões de pessoas.

Para o presidente do Secovi-SP, Claudio Bernardes, a indústria imobiliária tem papel relevante no desenvolvimento do País, mas precisa de condições econômicas básicas para operar. “Confiamos na sensibilidade do ministro e acreditamos que as decisões corretas para o setor serão tomadas.”

Novidades – A fase 3 MCMV será concluída em breve, conforme o ministro, e vai trazer inúmeras mudanças, como o reajuste dos valores dos preços, a fim de repor o aumento da inflação, a regionalização, para atender convenientemente as famílias e respeitar as diferenças de um país com as dimensões do Brasil e inclusão no programa do Minha Casa Melhor (financiamento da Caixa para a compra de móveis e eletrodomésticos).

Ainda não está definida a data de lançamento dessa nova etapa, mas a meta é de contratar mais 3 milhões de unidades, até 2018. “Tenho convicção de que a cumpriremos”, afirmou.

Conforme a secretária Nacional de Habitação, Inês Magalhães, foram contratadas, nacionalmente, 3,755 milhões de unidades. Em São Paulo, onde o preço da terra é muito elevado, 674 mil unidades foram contratadas, 377 mil entregues e 468 mil concluídas. Kassab disse que o Ministério das Cidades cuida do saneamento, do transporte e da moradia e que a união e o atendimento deles proporcionam qualidade de vida.

Após questionamento, Kassab opinou sobre a reforma política. “Existe uma proposta já aprovada no Senado que proíbe a coligação proporcional. Pessoalmente, sou favorável a ela, para que possamos montar agendas políticas e dar cara aos partidos.”

Autoridades presentes – Nesta edição do encontro “Olho no Olho”, inúmeros representantes do poder público compareceram. Dentre eles, Rodrigo Garcia, secretário da Habitação do Estado de São Paulo; os deputados federais Ricardo Izar e Walter Shindi Ihoshi; Elton Santa Fé Zacarias, secretário-executivo do Ministério das Cidades; Inês Magalhães, secretária Nacional de Habitação do Ministério das Cidades; Arley Ayres, chefe de gabinete do Ministério das Cidades; Fernando de Mello Franco, secretário municipal do Desenvolvimento Urbano de São Paulo; José Floriano, secretário municipal da Habitação de São Paulo; Edir Sales, vereadora e vice-presidente da Câmara Municipal de São Paulo; José Police Neto, vereador da Câmara Municipal de São Paulo; Vinicius Camarinha, prefeito Municipal de Marília; Gabriel Ferpato dos Santos, prefeito de Piracicaba; Felipe Penedo de Barros, secretário municipal da Habitação de Limeira; Renata Paiva, vereadora da Câmara Municipal de São José dos Campos; Januário Montone, ex-secretário municipal da Saúde de São Paulo; Ricardo Pereira Leite, ex-secretário Municipal da Habitação de São Paulo.