O grupo de Novos Empreendedores do Secovi-SP (NE) realizou nesta quarta-feira, 29/10, uma visita à sede do Seconci-SP (Serviço Social da Construção Civil do Estado de São Paulo), na zona oeste da Capital, onde se reuniu com a diretoria e conheceu as instalações da entidade. Os representantes do Secovi-SP foram recebidos pelo presidente do Seconci-SP, Sérgio Porto, e membros da diretoria.

Eles foram acompanhados por Sérgio Mauad, ex-presidente do Secovi-SP; Basilio Jafet, vice-presidente de Desenvolvimento da entidade, e Carolina Ferreira, coordenadora geral do Grupo de Novos Empreendedores. O presidente do Sinaenco, José Roberto Bernasconi, acompanhou a visita.

“Somando todos os nossos serviços, oferecemos 500 mil atendimentos por mês e 6 milhões ao ano. Possuímos 12 mil colaboradores e 3 mil médicos. É uma gotinha de contribuição que estamos dando à saúde pública. Se cada um fizer sua parte, vamos ajudar a sociedade a enfrentar as dificuldades nesta área”, disse Sérgio Porto.

Após a apresentação sobre as atividades da entidade, os visitantes puderam conhecer as instalações compostas por 18 consultórios médicos e odontológicos, laboratório de análises clínicas responsável pela realização de 250 exames diários, sala ocupacional onde acontece o trabalho de reabilitação de trabalhadores acidentados, entre outros.

A estrutura do espaço e a dimensão alcançada pela entidade impressionaram os convidados. “É um prazer conhecer esse trabalho, muitas vezes, feito de forma silenciosa. Este esforço é extremamente valioso à medida que contribui na redução do déficit que temos na saúde pública. Este é um exemplo excepcional do que a iniciativa privada é capaz de fazer”, disse Basílio Jafet, vice-presidente de Desenvolvimento do Secovi-SP.

A coordenadora geral do grupo de Novos Empreendedores, Carolina Ferreira, considerou a visita como uma grata surpresa. “Impressionante como estão estruturados. É um modelo de gestão que funciona. Certamente, vai motivar muitos empresários da área da construção civil a valorizar um produto que está à sua disposição”, afirmou. “A gente precisa entender que dirigentes passam mas a sociedade é permanente. Por isso, exemplos como este precisam ser incentivados”, defendeu José Roberto Bernasconi, presidente do Sinaenco.

Já o ex-presidente do Secovi-SP, Sérgio Mauad, fez questão de agradecer a parceria da entidade com o Ampliar, programa de profissionalização de jovens e adolescentes em situação de risco social apoiado pelo Sindicato da Habitação. “É uma via de mão dupla, sempre”, destacou, referindo-se às parcerias existentes entre as duas entidades que revertem em bons resultados para jovens carentes e trabalhadores da construção civil.

Sobre o Seconci-SP – Fundado em 1964, o Seconci-SP é uma entidade criada para oferecer assistência social aos trabalhadores do ramo da construção civil e suas famílias. Ele mantém 11 unidades em funcionamento em municípios paulistas, onde proporciona atendimento ambulatorial médico e odontológico. Também dispõe de serviços de medicina ocupacional e segurança do trabalho. Oferece ainda atendimento em canteiros de obras, ministra palestras e fornece orientações sobre temas como combate ao alcoolismo, à dependência química e obesidade. Em 2015, oferecerá atendimento em Bauru e Mogi com 2 mil atendimentos médicos e 7 mil odontológicos mensais.

O Seconci-SP também administra 5 AMES (Ambulatório Médicos de Especialiades) no Estado de São Paulo, possui um serviço de leitura de exames de imagem disponível para órgãos associados, e ainda oferece um trabalho logístico de distribuição de insumos para 18 hospitais. Além de São Paulo, o Seconci já conta com representações no Rio de Janeiro e Niterói (RJ); Belo Horizonte e Uberlândia(MG); Goiânia (GO); Manaus (AM); Maringá, Londrina e Curitiba (PR) e Blumenau e Florianópolis (SC). Em Brasília, há unidades fixas e 3 móveis com a presença de vans que prestam atendimento odontológico no próprio canteiro de obras.