Em clima de cantina italiana, o Ampliar, projeto social com o apoio logístico do Secovi-SP, realizou jantar beneficente com a presença de mais de 350 pessoas na noite da quinta-feira, 17/11, no Buffet França, na Capital. No cardápio, massas e molhos; no repertório, canções italianas entoadas pelos Três Tenores Brasileiros.

Na abertura do evento, a presidente Maria Helena Mauad destacou o trabalho desenvolvido pela instituição, criada há 21 anos para oferecer capacitação profissional a jovens e adolescentes em situação de risco social. “Eu considero o Ampliar um projeto vencedor! Quando começamos, em uma pequena sala, tínhamos 20 alunos. Hoje, temos duas sedes (Brigadeiro e Sete de Setembro) e 220 alunos por dia em 13 cursos”, comemorou a dirigente.  

“Tenho certeza que, com a colaboração de vocês, poderemos fazer muito mais. Certamente, esses jovens vão se lembrar daqueles que abriram a primeira porta para eles”, afirmou Maria Helena, que agradeceu a todos os colaboradores, dentre eles o presidente do Secovi-SP, João Crestana, e o jornalista Ricardo Viveiros, homenageados com o Troféu Ampliar, criado em 2005  com o objetivo de reconhecer e laurear aqueles que demonstram especial comprometimento com o trabalho da instituição. 

Emocionado, João Crestana disse ter orgulho pelo trabalho do Ampliar e ressaltou sua satisfação em ter ajudado o projeto. “Dona Maria Helena é a grande responsável, pois comanda esse projeto com mãos de fada”, afirmou o presidente do Sindicato. Já o jornalista Ricardo Viveiros destacou a importância de ajudar. “A tristeza pode ser ampliada, e a alegria também”.

Os alunos do Ampliar homenagearam seis personalidades que colaboraram em várias iniciativas. David César dos Santos de Lima entregou um presente para Ingrid Yazbek; Cristiana Rocha para Marcelo Terra; Fagner Moreira Costa para Celina Gambi, e Josylene Vieira dos Santos para Samir Abdenour e Laerte Temple.

Shows – O evento contou com show de Marthin Mágico e dos Três Tenores Brasileiros (Armando Valsani, Armando Valsani e Francisco Romanelli), que apresentaram um repertório composto principalmente por canções italianas.

Ao final, houve sorteio de vários brindes, como relógios e pacotes de estadias em hotéis de várias cidades brasileiras.

Toda renda obtida com a venda dos convites para o jantar foi destinada aos projetos da entidade, que oferece cursos profissionalizantes, gratuitos, a jovens e adolescentes em situação de risco social. O evento foi patrocinado Instituto Cyrela, Tecnisa, Grupo Velettri, C&C, Cetarc, Luciano Werthein e Rodobens.