Antes mesmo de o Secovi-SP iniciar as suas atividades na manhã da terça-feira, 16/12, várias pessoas aguardavam na porta da entidade o momento de passar pela triagem da equipe de profissionais de Saúde do Banco Paulista de Sangue e colaborar com a campanha de doação de sangue promovida pelo Programa Gentilezas Urbanas do Secovi-SP.

Inclusive a coordenadora geral do NE Secovi-SP, Carolina Ferreira, foi uma das primeiras a chegar para fazer a sua parte nesta campanha que pode salvar vidas.

Até às 11 horas, mais de 30 pessoas já tinham doado. A partir das 14 horas, a meta inicial de 60 doadores estava prestes a ser superada, pois o número de pessoas dispostas a participar da campanha se aproximava de 100.

Roberta Bigucci, coordenadora do Programa Gentilezas Urbanas do Secovi-SP, aproveitou o horário do almoço para marcar presença. Ela foi recebida por um grupo de palhaços do Big Riso, ONG que apoiou a campanha. Os artistas voluntários divertiram as pessoas e deram muito mais do que apoio moral à iniciativa.

“Esse tipo de campanha é muito importante para manter as reservas de sangue dos hospitais. Quem sabe daqui a três meses repetimos a iniciativa”, disse Roberta.

O presidente do Sindicato, Claudio Bernardes, também aproveitou o horário de menor movimento para fazer a sua parte. “A falta de sangue obriga o adiamento de cirurgias e coloca muitas pessoas em risco de morte. Com esta iniciativa do Programa Gentilezas Urbanas, pretendemos colaborar com o aumento dos estoques e, assim, salvar vidas”, ressaltou o dirigente, completando que em períodos de festas, lamentavelmente, aumentam os acidentes em estradas e os hospitais precisam ter condições favoráveis de atendimento.