Coluna Secovi

Startups e suas soluções imobiliárias

Diante da velocidade com que as transformações digitais nos atingem, possibilitando crescimentos exponenciais nas empresas, com alto nível de inovação e em ritmo jamais visto, uma mudança de mindset para acompanhar de perto quem são os atuais players do mercado é necessária e urgente.

Foi com este foco que, em 2017, o grupo de Novos Empreendedores do Secovi-SP (Secovi NE) idealizou o MoviMente, criado para aproximar startups com soluções criativas das empresas do setor imobiliário.

O comportamento do consumidor mudou. Ele está mais informado, busca processos digitais ágeis e com menor burocracia. É imediatista. Quer um produto feito sob medida. Todos os mercados enfrentam o desafio de compreender o que acontece para rapidamente se ajustar a novos padrões e satisfazer clientes Millennials (nativos digitais) e os da Geração Z, cujas características são ainda mais diferenciadas.

Pelo menos no início, esse processo de transformações pode ser um pouco penoso para o setor imobiliário. Mas ele já percebeu que precisa entender as dores do consumidor e se reinventar. Sabe que este é o momento de ‘prototipar’ novos produtos e serviços, testar, ir às ruas para validar ideias, errar rápido e pivotar, ou seja, promover mudanças radicais, lição de casa que startups fazem diariamente. A questão é o que fazer, e como, respostas que o MoviMente busca oferecer aos empresários e profissionais da área.

Em sua primeira edição, e como uma das iniciativas pioneiras na identificação de startups voltadas exclusivamente para o setor imobiliário, o MoviMente recebeu 75 inscrições. As três finalistas trouxeram soluções para resolução de conflitos, localização de roommate (colega de quarto) e imóvel ideais, e uma plataforma de automação de recepção e portaria em edifícios comerciais. Na segunda edição, com 126 startups inscritas, gestão de acesso a edificações, inteligência artificial (chatbot) e pesquisa de mercado por mobile e uso de rede crowdsourcing foram os trabalhos vencedores.

Este ano, o MoviMente tem a parceria de oito hubs especialistas em startups no mercado de imóveis. Os hubs atuam como coworking e mentoria para que as startups se consolidem e participem de processos de aceleração para atender às necessidades do setor. Cada um deles pode indicar até duas startups (proptechs e construtechs) que tenham soluções transformadoras, concretas e escaláveis para o setor.

Uma comissão formada por experientes diretores do Secovi-SP avaliará individualmente os projetos inscritos e selecionará dez propostas. Em evento aberto ao público (14/10), os fi nalistas apresentarão seus pitches (rápida exposição dos seus projetos) à banca composta por profissionais e empresários ‘feras‘ do mercado e especialistas em inovação. No mesmo dia, os três vitoriosos de 2019 serão anunciados.

Sem dúvida, o MoviMente veio para movimentar o mercado de imóveis. Reunir as melhores mentes na busca de formas para digitalizar as empresas, aliando o know-how e a expertise do mercado às soluções de tecnologia das startups.

*Raffaella Zampieri Bof e Leandro Mello, membros do Secovi NE e coordenadores do MoviMente 2019

18 de setembro de 2019

Leia as colunas anteriores


  • Ampliar
  • Câmara de Mediação Secovi-SP
  • Certificação Digital
  • Geosecovi
  • Milenium
  • PQE - Programa Qualificação Essencial
  • Rede Imobiliária Secovi
  • Revista Secovi
  • Secovi Novos Empreendedores
  • Universidade Secovi-SP
  • Gentilezas Urbanas
  • Núcleo de Altos Temas